Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RIO GUAIBA

Minha homenagem a este grande rio que passa por Porto Alegre/RS

RIO GUAIBA

Tens o encanto
a natural beleza,
em ti corre o canto
da mãe natureza.

O brilho da lua
reflete em teu dorso,
fina luz nua,
baila no leito feito corso.

 
Tua mansidão acalma
a agitação interior,
equilibra a alma
ameniza a dor.

 
Tua inquietude é lei
que exala soberania,
e ante a ira de um rei
emudece a fala bravia.

 
Mas ...  a pureza de outrora
o tempo levou com insistência,
e as mãos dos incautos de agora,
contaminam tua essência.

 
Contudo segues absoluto,
do homem nada espera,
insensível poluidor  bruto,
ainda assim a vida em ti prospera.

 
Como mar, mas  doce,
manso ou revolto, acho
que se humano fosse,
diria: Bah ! Guaíba, tu és  macho!

Andrade Jorge           BLOG:http://andradejorgepoesias.vilabol.uol.com.br
direitos autorais registrados
Fundação Biblioteca Nacional
Rio de Janeiro/Brasil


2000

ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 15/10/2005
Reeditado em 02/09/2015
Código do texto: T59919
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (AUTORIA ANDRADE JORGE). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (89995 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:24)
ANDRADE JORGE