Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Soneto Primeiro (Soneto de Morte)

Um soneto eu também tenho
Mas o meu é um pouco mais forte
No meu, eu falo de morte
E assim, matando eu venho.

O amor é lindo, eu sei disso
Mas a morte é mais bela
E o amor que eu sinto por ela
Não é tão certo quanto a morte q'eu friso.

Soneto que fala de amor é mais falso
É lindo, mas nem todos sabem,
que o amor é traiçoeiro.

Meu soneto não é tão mau assim
Só que o meu é de morte,
Meu soneto é verdadeiro.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 08/03/2005
Reeditado em 17/09/2008
Código do texto: T6020

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 15:48)
Júnior Leal