Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto Precavido

Emudecera por toda a eternidade
não lhe sobraria mais nada
Que em vida covarde
Fora fraudamente conquistada.

Um demônio em vida na terra
Um a menos para nos atormentar
O domador sem o controle da fera
Recorreu à morte para controlar.

Fora celado em tua tumba de concreto
Mas, na verdade, não se sabe ao certo
Se lá continuará por tempo necessário.

Um demônio guarda poderes misteriosos
E, mesmo que dele só sobre os ossos
Queimá-lo é mais que necessário.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 08/03/2005
Código do texto: T6021

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 07:10)
Júnior Leal