Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velho

No banco da praça
Com olhar de cansaço
O velho recorda
Versos do passado.
Criança que foi
Nesta mesma praça
Sorriso estampado
Menino levado
Na grama deu seus primeiros passos!
Sentado no banco
O luar contemplou
Estrelas surgiram
Primeiro beijo
Primeiro amor!
Começo de vida
Muitas promessas
Juras de amor
Adolescência
Sonho,revolta e dor!
Homem já feito
Na praça não fica
No banco não senta
Não contempla a lua
Nem conta as estrelas
Nem pisa na grama
Problemas na vida
Sem tempo para nada
Sem tempo para amar!
O tempo passou
No banco repousa
Memórias passadas
De vários amores
Velho já cansado
Poeta sensato
Rascunha seus versos
Aqui já passado
Contemplando a lua
Sentando no banco
Contando as estrelas
Olha a sua volta
Poesia já feita
Escrita marcada
Agradeci a vida
O que já passou
O que vai viver.
EDU
Enviado por EDU em 16/10/2005
Reeditado em 16/10/2005
Código do texto: T60266
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDU
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 39 anos
127 textos (9321 leituras)
1 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:20)
EDU