Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dança da Maldição

Vamos dançar uma dança maldita?
Na verdade não me importa a dança, não
A dança fica por tua parte,
Da minha parte, a maldição.

Queres dançar um jazz?
Que assim seja, o jazz maldito
Dançaremos até a morte
À beira de um precipício.

Tem que ser uma dança honesta
Não haverá empurrões
E independente de quem caia primeiro
Morrerão dois corações.

Não há problema algum
Se não sabemos dançar
Aprenderemos os passos no precipício
Mais excitante há de ficar.

Então começaremos a dança
Sem som, sem luz e sem emoção
Vamos dançar até a morte
A Dança da Maldição.

Se você cair, eu jogo uma corda
Pra que voce segure bem forte
E depois, com cólera, me puxe
Para conhecermos, juntos, a morte.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 08/03/2005
Código do texto: T6027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:31)
Júnior Leal