Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

V˘os

A verve do vate é virtuosa
e versa:

     — Viva a vida! Vida em verde vicejante! Vêde a verdade!
 
Viaja... e em velada vereda vê a volúpia da Vênus vendível.
Verifica a virilidade – é vítima de venérea virose.
Vírus versus Valete – vence o vírus!
E volta o vencido um vodu vergastado,
vociferando à ventania:

     — E viva a vulva voraz e vulcânica... Vadia!
Veneranda a vulnerada virgindade – vosso ventre!
Vencida ou vencedora – violência vermelha e vergonhosa!
Vai e volta o verme vil e viciado!
 
Vê à varanda a velha vizinha. O Verão de Vivaldi na vitrola.
Veneta um verso veemente:

     — Voa, vovó! Voa!

A velha viúva virgem vai valsando na varanda
e visionária, a vertigem vence o vazio...

     — Viu? Voou...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 16/10/2005
Cˇdigo do texto: T60287
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 04/12/16 14:31)
Poeteiro