Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letargia da palavra

Entro em todas as igrejas
de todos os credos.
Desde as catedrais góticas
às garagens caóticas e insanas...
São igrejas humanas.
Nelas não vejo nenhum Deus que não encontre nas ruas
e não ouço verdades diferentes das minhas;
ou das tuas – que buscam absolvição imediata...
Vejo deuses, mas não Deus!
Vejo verdades patéticas e mentiras absolutas;
vejo tudo e não vejo nada de mais!
Igreja? Sermões?
Palavras vazias infelizmente
se o padre, pastor ou rabino
arrogam para si o direito divino
e mentem... Divinamente!

Prefiro não ser absolvido
a aceitar esta corrupção ativa
dos defensores da fé com livro-caixa!
E busco ainda o sentido do evangelho verdadeiro
sobrevivente nas ruas
onde céu e inferno convivem em harmonia
disputando um lugar ao sol...
Busco uma palavra menos morta, letárgica...
Uma palavra que não se me mostre tão vazia,
com tanta inexistência de sentido,
como eu mesmo tenho vivido em letargia!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 16/10/2005
Código do texto: T60298
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:12)
Poeteiro