Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Metades

Metade de teu ser é liberdade
enquanto a outra metade é prisioneira...
Mas, queres procurar numa saudade
a parte que torne a vida “inteira”
pois, sentes que só tens uma metade!


Assim, duas metades nesta vida
parecem incapazes de se unir:
A parte da tristeza e despedida
e a parte de um amor que ainda há de vir...


São duas as tuas metades:
Uma é de dor, outra é vontade!
Uma é o amor, outra é saudade!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 18/10/2005
Código do texto: T60717
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:09)
Poeteiro