Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu era feliz e não sabia

Antes tudo era calmo, tranqüilo!
Todos se conheciam e reconheciam-se
Havia amizade, cumplicidade!
E automaticamente diante disso a felicidade
A inocência era conseqüência
Hoje em dia só violência
E tudo não existe mais.
O progresso chegou destruindo tudo
Os valores de ontem já não são os mesmos hoje
A televisão ta aí pra excitar
Pra distorcer e ensinar.
O capitalismo lucra com a destruição da família
Pra poder fazer mais um lar
E assim mais a ganhar
Vendendo tudo em dobro
E o que vemos na rua é assustador...
Assalto, tiroteio,arrastão
Na verdade muita confusão
Hoje ninguém conhece ninguém
Todos se fazem refém
Vivendo diante de tanta ameaça e insegurança
Eu era feliz e não sabia...
Mas o tempo não volta atrás
Quem viveu viveu
Resta agora relembrar
Quem não viveu, ficará na saudade
E ainda assim não terá lembranças
E se ainda rezar muito, terá esperança
De viver em um mundo igual ao de outrora
Já eu e você, que vivemos esta gloria
Ficamos com todas as lembranças
Para podermos contar nossa história.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 18/10/2005
Reeditado em 10/06/2007
Código do texto: T60765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32021 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:41)
Iolanda Brazão