Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO À RAFAELY LEITE (ou a uma ninfa germânica)

Gentil moça, de pele clara e bela
Cabelo longo, amarelo cereja.
A tua pureza minh´alma revela
Ao som do clarim que Rafael solfeja.

Tua meiguiçe me anuncia o firmamento
Quando miro o retrato que me destes;
De tanto o ver me perco em pensamento
Fascinado no esborço das tuas vestes.

No tempo exíguo que nem sempre temos
Possa EU ter do teu rosto o sorriso
E o aroma que me inspira o paraíso
Para saciar o sonho que vivemos.

Tsunamis? Quebro a voracidade
Para em ti florir a felicidade.
Rubens Leite
Enviado por Rubens Leite em 18/10/2005
Reeditado em 18/10/2005
Código do texto: T60816
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubens Leite
Sertânia - Pernambuco - Brasil, 54 anos
102 textos (24365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:58)
Rubens Leite