Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0138 - Das saudades



A saudade está do lado de fora do quarto,
passos ainda fazem barulhos dentro do peito,
são os rascunhos da minha vida,
pedaços de paixões que não adormeceram.

Hoje quero todas as saudades esquecidas,
as que não doem, aquelas que já doeram,
tenho que sonhar, sentir a realidade,
preciso voltar a ser parte do meu mundo.

Algumas recordações não são de saudades,
lembro o corpo frio, assim como a casa vazia,
o beijo que, de intimo, tinha apenas a meia-luz,
nos olhares somente imagens, nenhum sentimento.

Meu amor... não quero saudades, não das noites,
estamos renascendo noutra realidade,
tenho que ser livre dos antes, dos depois,
te quero hoje paixão, amanhã, apenas amor...

20/01/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 08/03/2005
Código do texto: T6102
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116068 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 22:29)
Caio Lucas