Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A humanidade

Olho a humanidade que passa
pelas ruas do silêncio;
controvertida...
Que massa!

Sinto a humanidade que foge
pelos becos da mentira;
inconformada...
Que povo!

Que povo é este que passa?
E de onde vem esta massa?
Vivendo e sofrendo...
Sorrindo e mentindo...

De onde ela vem?
Vem de longe?
E por que ela se esconde?

A humanidade caminha
descontrolada e perdida,
sem querer nada da vida
e eternamente sozinha...

Eternamente sozinha,
descontrolada e perdida,
sem saber porque caminha...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 19/10/2005
Código do texto: T61058
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:11)
Poeteiro