Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Infinidade de Versos

        Sou uma infinidade de versos desorganizados 
          Já fui palavras escravas, rascunhos calados
    Hoje sou tão evidente quanto o reflexo da lua no mar
   Hoje sou a elevação da realidade no que quero versejar
            Sou metamorfose, sou vento, sou chuva
                 Sou tudo aquilo que você precisar
                           Sou grito, sou silêncio
                    Sou eloquência e deselegância
                       Sou sensualidade e timidez
           Tudo depende de como você me enxergar
  Sou a bruxa que os hipócritas tentaram e perseguiram
            Mas que não alcançaram para queimar"
Magia dos Versos
Enviado por Magia dos Versos em 14/09/2017
Código do texto: T6113548
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magia dos Versos
Campina Grande - Paraíba - Brasil
103 textos (5374 leituras)
3 áudios (356 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 08:24)
Magia dos Versos