Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Poeta


Ser poeta, é florescer em terras áridas
Verter veneno em esplendor
Padecer sob o céu estrelado
Agarrado em um sonho invencível

É cantar com o peito estufado
Caminhando descalço sob chuva e trovão
Ter os braços erguidos pro céu
Enxergar com o coração

Ter visões lancinantes na noite
Dormir, dormir, com os olhos abertos
Especulando o mundo inefável
Entorpecido em um sonho místico

Ser poeta, é ter nas entranhas um sol flamejante
É desejar sem saber o desejo
É amar sem medir o abismo
É não ter mão, nem contra-mão


Ser Poeta, é ser Bicho de outro mundo!


imagem : Paul Gauguin -  Tahitian Landscape

José Mattos
Enviado por José Mattos em 19/10/2005
Reeditado em 20/10/2005
Código do texto: T61201

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.josemattos.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 52 anos
54 textos (2839 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:52)
José Mattos