Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0164 - Doar



Doaria a ti um pouco mais do amor que tenho,
poderia lhe oferecer meus desejos,
quem sabe até um pouco mais de vida?
Não, tu és o amor desejado, és a vida que tenho.

Aprendi a não ter medo do desconhecido,
o amor ficou encimado depois de ti,
somos os descrentes renascidos da paixão,
preenchemos o vazio com um pouco de maturidade.

Não me deixes perder a alegria de criança,
as dores ficaram menos fortes,
acho que foi o batismo deste amor,
queria um presente, tu me destes todos.

Quando puderes, olha um pouco para trás,
poderás ver quanta alegria deixamos pelo caminho,
doaria todo o tempo que tenho,
depois de te amar preciso pouco para ser feliz.

Deixa que te guie pela minha estrada,
não sei tudo que o amor pode dar,
descobriremos, temos os dias e todas as noites,
não sabemos até onde é terra, até onde é céu.

09/02/2005

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 08/03/2005
Código do texto: T6130
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116071 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 15:55)
Caio Lucas