Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Samba cambojano

É Napalm da mão que eu quero ver
as crianças correndo pela estrada
e uma foto da dor em preto e branco
registrada na guerra da TV...
E Napalm da mão! É na palma da mão
a linha do destino interrompida
enquanto o new gel imperialista
modela a fogo os corpos infantis!
É Napalm da mão da mãe, da filha
e de toda a família mundo afora
mas na Casa Branca americana
o menino brinca de War Games!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 20/10/2005
Código do texto: T61321
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:55)
Poeteiro