Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dicotomia

Cética,
imputo minha sina machucada nas noites insones,
por versos que comungo em minhas composições solitárias.
Essa dicotomia nos versos,
são prantos que derramo às escondidas.

Recrio em minha lira
os versos da inconsistência do meu mundo real
que insurge de uma canção de alma há muito aprisionada.
Que, compulsando as horas,
procura reconstituir suas asas alquebradas.

E, dessa rima mal feita,
surge e ressurge a sina machucada...
Uma comunhão de versos aos tropeços,
que se prolonga junto ao destino que desconheço.

E, nesse rememorar do passado e sua ‘rustidez’,
procuro transcorrer com arte meu grito de dor,
em silêncio!

22/10/02 - 22:30h Brasil
Vanderli Medeiros
Enviado por Vanderli Medeiros em 09/03/2005
Código do texto: T6180
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vanderli Medeiros
Barra do Garças - Mato Grosso - Brasil, 50 anos
145 textos (29476 leituras)
2 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/16 23:01)
Vanderli Medeiros