Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VONTADE DE VIVER

VONTADE DE VIVER

Caminhar entre os escombros de fragmentos
do passado e as inumeráveis perspectivas vagas do futuro.
Tensão, miseráveis! É prisão nosso presente de grego.

Escalada... vôo leve e alegre,
e num ângulo perfeito atingir os cumes
das imensas montanhas.
“_ Tornai-vos duros!” - eis a lição do temido e tão maldito filósofo;
pelas alturas dos quereres!
Benfazeja a energia para o isolamento,
a vontade de solidão:
retorno a mim.
O silêncio em mim e um grande meio-dia Sim!
A minha selvagem Sabedoria foi fecundada
na solidão das montanhas,
foi germinada em solos de mil abismos,
sou aedo possuído!
As auroras que não brilharam ainda
serão solapadas por uma mutação,
que aflição!

Mutação,
mudança de cenário temerária,
feita na nossa Época, tempo da colossal Vaca Multicor,
em longa sucessão de anos e
na construção dos deuses de barro.
Pressentimento, presente-cimento,
engessado, engraçado:
o mundo idealizado pretensamente superior – pura tolice!
Eis então a Ilha dos Túmulos!
Esperança deita tola e pérfida no futuro
entoando o Cântico dos Sepulcros...

“_ Tornai-vos duros!” – a tudo destruir com a força do martelo!
a marteladas, até que nada reste, tão-somente pedras sobre pedras!

E fico estupidificado,
e rumino com paciência de vaca...

Das Ilhas Afortunadas:
mal e perigo por todos oráculos e adivinhos gregos -
aqueles que apenas amavam a vida
e a criadora vontade de viver.



Prof. Dr. Sílvio Medeiros
Campinas, é inverno de 2007.





SÍLVIO MEDEIROS
Enviado por SÍLVIO MEDEIROS em 22/08/2007
Código do texto: T618971

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Prof. Dr. Sílvio Medeiros) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/silviomedeiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SÍLVIO MEDEIROS
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
268 textos (358970 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:49)
SÍLVIO MEDEIROS