Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dos Malditos Plágios!

a maldição dos furtos criativos
parece nunca ter fim...
além de execrável,
a lamentar a incompetência...
seria bem mais plausível,
que maior vergonha tivessem,
& apenas ficassem a aplaudir os talentos,
bem como a coragem de escrever por
conta & gosto...
o plágio é lamentavelmente uma idiotice...
erros & acertos, citações,
compõem o universo das letras,
que legal fica, reconhecer aquele que cria,
que legal fica, nominar aquele que produz,
se mal escreve, está ai sempre & sempre,
ótimas oportunidades para bem aprender,
todos os dias, todos os momentos,
tudo tão à mão, basta olhar...
mas o plágio, é lamentavelmente uma idiotice...
não é vergonha aprender olhando os outros,
da tenra idade, observamos & imitamos
pais, avós, tios, irmãos, amigos & estranhos,
copilamos textos nos trabalhos escolares,
reproduzimos idéias & conceitos
até o momento de criarmos as próprias frases,
os projetos próprios, o que melhor apreciamos,
mas o plágio, é lamentavelmente uma idiotice...
 
a citação de quem fez antes,
sempre enriquecerá o trabalho,
além de demonstrar grande respeito,
mostra uma trilha de aprendizado,
mas com plágio como princípio,
o respeito está jogado numa vala fétida,
impregnado de pustulentas dilacerações...
& para qual valia?
 
para que então o plágio?
cinco segundos de suposta fama...
que prazer há em passar por essa vergonha?
 
Peixão89
21.08.2007
Peixão
Enviado por Peixão em 23/08/2007
Reeditado em 23/08/2007
Código do texto: T619811
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120470 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:14)
Peixão