Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM CARNE-VIVA

gostaria de vender minha idade
ao jovem idiota que sonha com a seriedade
ou ao velho que tanto sonhou
que hoje precisa de anos mais
p'ra deixar herança

não posso carregar sobre os ossos tanto peso
ou você pensa que se descobrir
em carne viva sem armadura
não deixa à mostra, mais que a pança,
a verdade dura?

a voz é pedra esparramando cólera
aponto desastres ao profeta
e busco a bagagem cheia de coelhos
relampejando magias tiro
navios-pirata do baralho
como se viver rebelasse divindades
abrindo fendas no teto
por onde estrelas afogam o quarto
delícia dos suicidas e dos energumenos
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 23/08/2007
Reeditado em 02/12/2012
Código do texto: T619938
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1307 textos (32694 leituras)
8 áudios (1072 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:13)
Eriko y Alvym