Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Tempo

O TEMPO

É um Senhor
Que está em qualquer parte
E em qualquer lugar,
Tem quatro esposas no seu harém
Que nunca se chegam a juntar,
Quando uma parte
Outra está a chegar;
A mais bela
É coroada de flores a despertar,
Coberta com seu manto de esperança
É, sempre, a primeira a chegar,
Ao vê-la todas as aves começam a cantar,
É a Primavera a primeira das Esposas
Que o Tempo pode abraçar;
A segunda é quente como o fogo,
Com cabelos de ouro
Enfeitada com reflexos de luar
E uma coroa de milhares de estrelas
Para a sua cabeça coroar,
Chama-se Estio
E com ela o Tempo parece parar;
A terceira é pálida e serena,
Vem vestida de amarelo e castanho,
Enfeitada com frutos
De toda a cor e tamanho,
Os seus cabelos são feitos de vento
E as suas lágrimas
Começam a cair
Quando se despede do Tempo;
A quarta chega fria
E é de todas a mais triste,
Cabelos de vendavais
E corpo sempre molhado
Pelas próprias lágrimas
Que, por vezes, são demais,
Com ela, o Tempo, parece um inferno,
O seu nome é Inverno;
São estas as quatro Esposas do Tempo,
Com elas nos vêm o calor e o frio,
A chuva e a seca, a calma e o vento!...
M Piçarra
Enviado por M Piçarra em 23/08/2007
Código do texto: T620543

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
M Piçarra
Portugal
516 textos (16420 leituras)
2 áudios (147 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 15:59)
M Piçarra