Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVANDO .......TROVANDO... PARA QUINTANA

Foi-se o anjo da poesia
tão sereno sem alarde
bateu asas com magia
saudando o final da tarde.



Quintana foi a ternura
Majestade da poesia
Mago da literatura
com anjos e alegoria.



Com sua alma de criança
fazia tudo ao avesso
foi tradução de esperança
com seu sorriso travesso.



Com as letras fez arranjo
Falava como um profeta
Quintana que foi um anjo
disfarçado de poeta.


Quintana foi a magia
um criador de emoção
Príncipe da Poesia
só não vestiu o fardão.

Olga Silveira
Enviado por Olga Silveira em 22/10/2005
Código do texto: T62150
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Olga Silveira
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil
52 textos (1334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:34)
Olga Silveira