Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu vi lágrimas escorregarem...

Sim eu vi lágrimas escorregarem,
Por entre face, dedos, mãos, cobertas...
Estava eu ali, a frente de uma alma desnuda!
E sem vergonha ou pressa, a vi chorar e rir...
Eu a via chorar e imaginava vê-la sorrir!
Ah! A pequena alma humana! Ah! A grandeza daquele chorar!
Como é confuso ver alguém partir!
Não sabemos como nos comportar! Não sabemos nada!
Quem sabe se aquelas lágrimas não anteviam as próprias asas!
Não sentiam a leveza da própria alma, insegura,
Ensandecida pelo pavor e pelo desejo de voar!
Sim eu vi lágrimas profundas!

14/01/1988
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62245
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173696 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:57)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor