Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tanto amor no ar!



Tanto amor no ar,
Tanto calor...
Tanto amor no calor,
No calor de amar!
Quem me dera descobrir
Por detraz da fera, que é você...
A chama... A gana de amar!
Que te envolve e leva e leva
Para longe do meu estar!



Há um olhar escondido, no teu olhar!
Um olhar que procuro, um olhar que nos olhe,
Com um toque levemente pretendido!
Nos teus olhos ocultos em si mesmos,
Depositamos um desejo,
- Que nos olhe estes olhos.
Com um olhar colorido!


Que busca da vida seja viva,
Destrua em si toda a morte!
Que o caminho seja longo,
Não seja esquina vaga e curta!
Que a busca leve outras vagas e buscas...
Sendo caminhos diferentes e infinitos!
- Da infinitude do finito! –
Que busca em viver sempre vivo,
Cujo fim transparece como queda brusca!


14/01/1988
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62257
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173708 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:16)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor