Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A moça pura

Quanta ternura
na formosura
da moça pura
que me enclausura
com seu olhar...

Quanta loucura
tem na estrutura
desta leitura
que me segura
com seu pesar...

Na noite escura
esta amargura
da vida dura
fere e tortura
sem me poupar...

Em minha agrura
ainda perdura
toda a candura
que me tortura
mas sem me amar...

A moça pura
que me enclausura
e me segura,
fere e me fura
e me tortura
com seu olhar,
com seu pesar,
sem me poupar
e sem me amar!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 22/10/2005
Código do texto: T62262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:37)
Poeteiro