Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu cheiro!




Teu cheiro, teu gosto invade o meu ser,
fazendo-me vibrar,
teus lábios tão doces,
postos ambos em um beijo,
mais que um doce momento,
também me faz vibrar!
Teus olhares me vão queimando,
Me vão aquecendo,
com o calor que neles há!
Teus braços, “tentáculos”, a me abraçar,
Me tem preso,mas não quero me libertar!
São eles os mais belos elos que a ti me tem preso,
Suas mãos são as que me podem libertar!
Em ti há tantos elos, dos quais não quero me libertar...
Em ti não encontro sofrimento,
o estar preso a ti não traz nenhum penar!
Não existem queixas,
não existem lástimas as quais lastimar!
Por isso quero-te aqui, agora, já!
Amo-te enfim, quero-te para mim...


21/04/82
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005
Código do texto: T62270
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173711 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:54)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor