Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor emigrado

Custódia amava Joaquim
vivendo um sonho feliz
mas eis que ele quis
tentar viver no Brasil
e partiu sem adeus...

Custódia viria, mas não veio
e Joaquim sonhou-a em cada dia
cuidando cá da padaria
sem o frescor da amada, o colo, o seio
mas ela jamais apareceu...

E na distância de um oceano inteiro
já não se sabe qual dos dois
esqueceu o sonho primeiro
e quem acordou dele depois...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 22/10/2005
Código do texto: T62309
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:38)
Poeteiro