Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

flor amarela

"Ninguém passa, ninguém segue
sem olhar prá ela"
- amarela flor singela.

só o verde, o lilás...a primavera
finda a espera na quimera.
- você pinta linda tão sincera
na penumbra dos umbrais.

só o verde dos seus olhos
na hera cobre os cantos
dos meus dias de espera.
- esperança eu quero mais.

lá fora flore tão lilás a azaléia
e as florinhas pequeninas
na odisséia das boninas
a florar nos manacás.

"Ninguém passa, ninguém segue
sem olhar prá ela"
Passa o vento em seus meneios
e traz dela esse perfume
que é o perfume dos seus seios.

ora!...o ciúme aflora em mim
como o jasmim na sua janela.
eu que era jasmineiro
sou agora jardineiro
para cuidar dos seus quintais.

peço ao nimbo chuvisqueiro
que não seja por demais.
que me molhe por inteiro
e eu olhando o seu carimbo,
no canteiro encontro agora
na sua face - a minha paz...

Marco Bastos

("Ninguém passa, ninguém segue/  sem olhar prá ela" versos de Marisa Barrionuevo).
Marco Bastos
Enviado por Marco Bastos em 25/08/2007
Reeditado em 08/06/2011
Código do texto: T623366
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para "http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1583 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Bastos
Salvador - Bahia - Brasil, 73 anos
1717 textos (89647 leituras)
2 áudios (509 audições)
1 e-livros (793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:24)
Marco Bastos