Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O círculo do séculos

Ressuscita a voz do homem na canção
ressuscita o gozo de ver a saudade
transformar-se em mãos dadas e firmes.

Ressuscita o trabalho e o sol na varanda
ressuscita todas as tuas certezas e lendas
num ter na vida a morte que se recicla –

e todos os objetos destruídos e guardados
na andança da gente em círculos de borda
em borda, num diâmetro que se descobre.

Ressuscita para saber que tudo se retira
sem ter tempo e tanger espaço adequados
porque na há ninguém que encontre o centro.

Ressuscita para se perder de vez nas horas
ressuscita, porque tens que ir embora
na esperança de seu ânimo inominável.

Ressuscita porque meu coração se esvai
e eu preciso da vida que há na vida alheia
e para saber que eu também não tenho certezas.

Ressuscita, enfim, que a vida é assim mesmo e
o amor é só um pouco do que podemos ter,
grão de nossas biografias perto da eternidade.



http://metrezuza.blogspot.com
Isaias Zuza Junior
Enviado por Isaias Zuza Junior em 26/08/2007
Reeditado em 06/02/2008
Código do texto: T624158
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (by Zuza Junior - http://metrezuza.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Isaias Zuza Junior
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
38 textos (379 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:08)
Isaias Zuza Junior