Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Dengo - (I)




         Meu Dengo - ( I )

Meu dengo quando aparece,
Sinto até falta de ar
Sinto o chão fugir dos pés,
Sinto o mundo disparar...

Quando estou a te esperar,
Tenho que ter imensa calma.
Mas adoro quando ela diz, oiiiii
Sei que vai entrar em minh´alma!

Meu dengo me traz o sol,
Se o inverno esta a fustigar.
Ela e quem faz nas minhas noites
Ter motivo pra sonhar...

Já não sei viver sem dengo
Toda noite é um desespero
Falamos quase todas as horas
Mas só  durmo se ela der boa noite primeiro...
BARRET
Enviado por BARRET em 26/08/2007
Código do texto: T624582
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
768 textos (71071 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 13:08)
BARRET