Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cá do canto

Olhando cá do meu canto
tanto quanto possa ver
eu vejo fluir o encanto
que torna santo o viver!

E enquanto eu puder sentir,
ver, ouvir, compartilhar
eu canto pra que o porvir
me alcance sem eu chorar!

Mas se choro por enquanto
quero rir das desventuras
e é só por isto que eu canto
no canto, sem partitura!

Tanto eu canto que pareço
da loucura um prisioneiro;
não ligo! Canto, e me esqueço
ter saído do banheiro...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 23/10/2005
Código do texto: T62548
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:21)
Poeteiro