Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Vem... Vou!

Diante desse olhar que me despe...
sinto-me a presa que pede...proteção.
No calor da boca oferecida sinto-te...
e o frio não existe mais...aqui não...só emoção.
Enigmático olhar... nesse momento não cabe mistérios,
...então, a liberdade da entrega é total.

Sinta...não há quem minta...um prazer sem igual.
Envolva-me...cubra-me...pele na pele...que rele.
Onde há fogo?
Senão aqui... em mim...sua voz.
O da lareira descansa...por mim...por nós!
Sem muito pensar...vou...


 


 

TRANSPARêNCIA
Enviado por TRANSPARêNCIA em 27/08/2007
Reeditado em 09/11/2011
Código do texto: T625735

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
TRANSPARêNCIA
Campinas - São Paulo - Brasil
732 textos (39468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:10)
TRANSPARêNCIA