Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHAR a perder de vista

                 [ Olhar ] 1


... É dos teus olhos,
que bebem o que amam ver.
E então, ficam deliciados
e só se perdem os versos
que caem no chão;
às vezes, nem esses
porque tu os recolhes,
frágeis, nas tuas mãos
e ajeitas com o sorriso
de lhes reanimar o brilho
e os arvorar ao proveito
e ao jeito leve de pássaro
ou nuvem a pairar.

Isso mesmo!
Das tuas mãos e dedos,
uma plumagem de esperança,
naturalmente, para o voo.
Dos teus olhos
todos os volteios possíveis
para asas de poema
em ventos de liberdade.

Preserva, cristalino,
o sentir que ressoa de ti
esse amor-melodia
esse gesto de arco-íris
com que brindas o céu.
E ele é o mote que ofereces
para se estar contigo...
E é tão lindo,
... é dos teus olhos, sim!


_____________________LuMe
Luis Melo [www.lumelo.com]
Luis Melo
Enviado por Luis Melo em 23/10/2005
Código do texto: T62633
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Melo
Portugal, 59 anos
64 textos (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:25)
Luis Melo