Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paralelo

Os dias não o são facéis
Tratam-se de manhãs ocas
Eco do que 'inda não foi dito
E se o disse - não há tempo

As noites não o são longas
Curtas como o fio da navalha
Cega, nada mais corta
E se o corta - não sangra

A vida lhe é passageira
Insuficiente como pólvora
Pavio aceso que não explode
E se há chama - apenas arde

A morte lhe é incógnita
Não tarda e nem antecede
É fria quando seria quente
E se o é - já não importa
Lenita Gonçalves
Enviado por Lenita Gonçalves em 27/08/2007
Código do texto: T626756

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Lenita Gonçalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lenita Gonçalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
61 textos (2229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:15)