Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falar de amor

Se tu – quando for noite – ainda puderes
fitar o céu de luz que em ti resiste,
verás, além da nuvem, o que quiseres
mesmo se o mal do amor ainda insiste...

O amor apura em ti cada sentido
e tu verás no céu mais claro o lume
no brilho de teus olhos refletido...
E a noite exalará o teu perfume...

Então, quando for noite, o teu poeta
irá buscar em ti teu aconchego...
O teu riso rirá, por desapego,
ou vai chorar contigo a dor secreta...

Quando for noite nós encontraremos
silêncio nas palavras proferidas;
e ainda no silêncio, nossas vidas
farão reais os sonhos que sonhemos...

Quando for noite e eu for teu sonhador
vou dividir contigo esta procura,
tentando ver, do céu, toda a ternura;
tentando ouvir o céu falar de amor.
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 23/10/2005
Código do texto: T62678
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:42)
Poeteiro