Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Dengo II



             Meu Dengo    II

Meu dengo mudou meu sorriso,
O sorriso dela me contagiou.
Me enredou me fascinou, por todos os cantos
Mostrou o seu pranto, o seu encanto, me iluminou...

Meu dengo me mostrou entrelinhas
Que sabe amar e poetar
Trouxe junto com ela um mar de emoções
Me encinou a rimar a poetar e cantar

Um oiiiii... dela para mim constitui
A hora do dia que começo a viver...
Faço tudo por ela que me da inspiração
Meu dengo também é o meu sofrer!

...Porque cada dia que passa
Não faz a distancia mudar
Faço tudo por ela  sonhando, pensando
Que ela possa um dia me deixar

Meu dengo é saudade, felicidade, realidade
Meu dengo não se empolga bastante não
Ela rir, ela voa, ela atravessa miragens
Mas, tem os pés pisando o chão

Meu dengo batalha, luta contra o sistema
Meu dengo me ensina a realidade procurar
Meu dengo é guerreira é fada é mulher
Meu dengo é que me da essa vontade de amar

Meu dengo é fantastica ela é  real, ela é virtual...
É por quem peço em toda minha oração.
Como um mimo vou deixar para ela, sempre aberta
A porta, a janela a mente, do meu coração...
BARRET
Enviado por BARRET em 28/08/2007
Código do texto: T626950
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
778 textos (71520 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 03:58)
BARRET