Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU ME VI EM CACOS

Eu me vi de asa quebrada.
Borboleta espatifada.
A amplidão me chamando.
E eu ali no chão largada.

Eu me vi em cacos.
Sem sonhos, sem ilusão.
Com uma ferida enorme no meu pobre coração.

Eu me vi acabada.
Derrotada.
Achando a vida uma maçada.

Eu me vi no fim da linha.
Vi a morte se aproximando e quis reagir.
Precisava encontrar novamente encanto no meu existir.

Como meus dias eu enfeitaria?
Por sorte tinha n’alma a poesia.
E algo me dizia...que outro amor encontraria.

Eu me vi em cacos...
E com eles um mosaico eu montei.
Uma figura de mulher sorridente eu criei.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 28/08/2007
Reeditado em 08/04/2011
Código do texto: T627253

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4682 textos (80856 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:10)
SONIA DELSIN