Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selvagem

Hoje, eu me permito ser
noturna, silenciosa e vazia...
Permito aflorar o medo,
intenso e negro, escondido
nesse avesso de mim,
selva inexplorada e escura,
que desconheço...
E me assusta, o que vejo...
Encontro a fera ferida,
inocente presa na armadilha
de seu próprio coração, selvagem...
Solitária e frágil, ela já não grita,
e para libertar-se viva,
sacrifica, parte de si mesma,
ilusões e sonhos...
Helena Morais
Enviado por Helena Morais em 28/08/2007
Código do texto: T628152

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Morais
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
85 textos (7497 leituras)
1 áudios (97 audições)
3 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:48)
Helena Morais