Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Voando

Eu sob o dedo em riste do destino
quis decolar daqui sem muito alarde;
A tarde triste e o medo de voar
me mantiveram preso ainda ao chão...

Quis decolar, mas já não sou menino
e tanto peso em dor não alijado
faz-me ancorado ao solo em que rastejo;
mas, se não vôo, ao menos quero andar...

Quanto mais sonho o céu mais sinto a terra
sob meus pés abrir sua garganta;
de que adianta arder todo em desejo
se permaneço ainda sem voar...

Mas se eu chegar enfim ao precipício
quem sabe eu pense um pouco e me decida
se vale a vida voar para que acabe
ou se voltar não vale o sacrifício...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 24/10/2005
Código do texto: T62835
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:02)
Poeteiro