Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO... PASSOU SEM VOCÊ!

 
Não me importa o tempo.

Este tempo que passa sem réplicas a sussurrar artimanhas que sugerem carquilhas em minha face quase combalida entremeada na sobra e sombra de um dia findo.

Quase nada resulta em preocupação...
O tempo passa independentemente da minha vontade e das minhas lamúrias.

Os fatos acontecem e tudo se redunda no passar de tempo sem, apenas, passar o tempo.

Olho simplesmente as águas brandas do mar à frente e parece-me que ele não se importa muito com o perder das horas...
O tempo por ele simplesmente passa e neste roteiro eu me importo com a ocorrência de tudo passar despercebido, insignificantemente...tempo!

O mesmo tempo que resta para não saturar ainda mais, com o meu lastimoso pranto, as águas do mar...
Tempo... Passou sem você.

©Balsa Melo
20.08.04
João Pessoa - PB
 
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 29/08/2007
Código do texto: T628592
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:44)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)