Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"ASAS"

ASAS

No peito,
retesadas as asas,
nossa alma alada
adeja,
plana nos limites fronteiriços,
entre o ser feliz e o ser triste,
num lugar chamado Saudade!
Então,
nossa alma alada, cala!
Paira no tempo...
Espera...
Espia...
Calada voeja!...
O sentimento é que grita!..

Eme
Maria Mercedes Paiva Paiva
Enviado por Maria Mercedes Paiva Paiva em 24/10/2005
Código do texto: T62913
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Mercedes Paiva Paiva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
76 textos (4412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:28)