Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO CREIA




Não acredite no que dizem por aí
em esquecer alguém com outro alguém.
Abra os olhos, deixe a lagrima cair.
Não faça outra pessoa infeliz também.

Nenhuma outra boca vai ter o sabor
dos lábios que você quer beijar.
Nenhum outro corpo vai ter o calor
daquele que faz sua pele incendiar

Mentiu quem disse que seria fácil,
paixão não doer, não enlouquecer.
Amor de verdade não é concreto, táctil.
É força motriz e toda razão de viver.

Feliz do que ama, e ri e também chora
porque amar é viver a vida de uma vez só,
é desejar possuir o mundo todo no agora:
ser rei, mendigo, é morrer e virar pó.

Não creia cegamente no que dizem por aí:
contam que toda vez que se ama é a primeira
talvez seja verdade, não insisto em desmentir
vamos do amor sentir a chama queimar inteira.

Se a dita sabedoria popular estiver certa
somos escravos da paixão por consentimento,
mas do amor somos servos em prisão aberta
crentes em ser felizes sem contagem de tempo.

Nas trovas incertas contemplei o infinito.
Nas rimas despejei os rios do sentimento,
na tentativa do acerto tentei fazer bonito.
Não deixe as palavras irem-se com o vento...

Não creia em tudo que dizem por aí, não...
Dê-se um motivo pra sorrir e ser feliz:
Ame e segure bem perto seu amor pela mão
a vida é muito breve, não a perca por um triz.
Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 29/08/2007
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T629974
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
779 textos (36174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 04:53)
Liane Furiatti