Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sol Sombrio

 *
 * Já  imaginaram se o sol escurecer?
 * Eu já vi eclipse mas ninguém viu nada assim
 *

em Sol Sóbrio eu sou sombrio
mas nunca sobro ou assobio
cadê a luz que me encanta?
que vem de leve [e] me levanta

some a luz e fica a sombra
o sol escuro me assombra
em raios negros me envolve
pra onde foi seu brilho cobre?

anoiteceu ou ainda é dia
será de tarde ou tardia
já não sei quando anoitece
a escuridão não me aquece

vejo um brilho avermelhado
deve ser a luz da lua no telhado
está cor de sangue, bem vermelho
perdeu o brilho prata de espelho

e pra onde foram as estrelas
delas não sobraram nem centelhas
o céu virou um mar salgado
como as lembranças dos culpados

em Sol Sombrio eu estou sobrando
mas estou sóbrio e estou gritando
estou brilhando de alegrias
escorre choro de euforias

quanto ao amanhã eu tenho certeza
é pena q não vai ser moleza
mas vamos juntos até o fim
que tal construir um belo jardim?
Mauricio Leite
Enviado por Mauricio Leite em 30/08/2007
Reeditado em 19/09/2007
Código do texto: T630100
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor Maurício Leite) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauricio Leite
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 29 anos
58 textos (2742 leituras)
1 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:21)
Mauricio Leite