Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAZ FLUVIAL

Minha mente resvala na doce preguiça
do bocejo do rio vagando entre arbustos
e meus pés ganham valsa, o silêncio executa
notas mansas da trilha de minha emoção...
Quase nem me percebo seguindo esta margem,
refletido no espelho das águas serenas,
recompondo a poesia que às vezes desfaço
nos poemas feridos de sagas urbanas...
Meu estado é de graça, repõe o sentido
que faz tempo que sinto que a vida não faz;
uma paz fluvial rumoreja em meu ser...
Nostalgias profundas mergulham no rio
desaguando num mar de saudades tamanhas,
na fluência dum cio de recordações...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 30/08/2007
Código do texto: T631211
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3050 textos (61773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:00)
Demétrio Sena