Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva de Verão

Em uma noite tão fria e solitária
A sua falta se torna ainda mais dolorosa,
Foi rápida e surpreendente a maneira
Que nossos caminhos se cruzaram,
Mas ao mesmo tempo agradável e deliciosa
Como em uma chuva de verão que, geralmente,
Nos pega desprotegidos...

Por muito tempo esperei por algo singelo
Que me mostrasse alguém especial,
E nada mais evidente do que você...
Todo o universo conspirou
Para que uma noite fosse nossa,
Para que pudéssemos finalmente
Ver o que já estava na nossa frente...

Sinceramente...
Não sei o que esperar de nós dois,
O que aconteceu não será nunca esquecido
Nem tão pouco causará arrependimento,
Nossos rumos estão nebulosos
E não há nada que se possa fazer...
A não ser caminhar, sempre em frente,
Com o único desejo de que você não tenha sido
Apenas mais uma chuva de verão,
Que se dissipa tão rápido quanto se forma...
Raziel Garros
Enviado por Raziel Garros em 11/03/2005
Código do texto: T6314
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raziel Garros
São Luís - Maranhão - Brasil, 33 anos
11 textos (700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 05:20)
Raziel Garros