Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" Por males"

" Sou inverno
impávido me rogo,
de postura arredia
qual qualquer posto simbólico
De concomitancia intensa
de poesia , às vezes,
na qual qualquer eu-poeta
se esconde em naus de pedra
Sou de reticente insegurança,
de porvir e pormenores
num tanto que me causa zelo...
a todo passo que das mãos me foges,
e de palavras em tantas
me acomete a bonança,
que me induz a uma salva
de toda essa vã esperança

É , reticente esperança
poda os braços e rega os tiros
Na salve-vidas d'um instante próximo
que de mim é história fugida
Urro intenso de futuro
em milagre.
Num cordel auto-expurgo
os males
que me insere essa tal agravura
da distancia,
do prazer
e ardores
Mas reparo o andar nessa andança
de andança
em passadas de trem;
Ao escolher entre um chão de segurança
e o caminho que a visão não mais têm. "

ra r
Enviado por ra r em 30/08/2007
Código do texto: T631463
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ra r
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
14 textos (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 21:02)