Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração

 
O músculo cardíaco bombeia.
Num tique-taque, a morna melopeia...
 
Nas têmporas, palpita o sangue vivo,
correndo o corpo todo numa ronda.
Sustenta, aquece, alaga e atento sonda,
instante, num vaivém imperativo.
 
Não pára o seu labor e não reclama
por horas de descanso ou regalias.
Só quando eu ajo contra mim me chama,
vergando perigosas ousadias.
 
Num dia por haver, quando será?,
exausto do labor ou agredido,
meu tempo de existir silenciará
e nada, além de mim, fará sentido...
 
 


23 de Outubro de 2005.
Viana do Alentejo * Évora * Portugal
 
 
José Augusto de Carvalho
Enviado por José Augusto de Carvalho em 25/10/2005
Código do texto: T63225
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Augusto de Carvalho
Portugal, 79 anos
182 textos (7606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:15)
José Augusto de Carvalho