Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Un Ange vole belle

Quando as estrelas reinam na infinita escuridão
Quando os seres adormecem em sua falsa paz
A mente é o refúgio ante as dores humanas
Entorpecida e inquieta
Posso voar pelos meus próprios braços
É tão lindo ver os outros sorrirem
Abracem-me
Cubram-me de beijos
Nossos corpos se unem no ar
Luzes e luzes e luzes e luzes...
Eu sou o anjo das pessoas esquecidas
Meu corpo meus olhos minha sanidade
Tudo é relativo
A mente é o refúgio ante as dores humanas
Entorpecida e inquieta
Cubram-me de prazer e dor
Abram as portas que me impedem de continuar
Abram as janelas para verem por onde eu vôo agora
Eu sou o anjo
E minha vida é o céu de estrelas coloridas...
Junior Bittencourt
Enviado por Junior Bittencourt em 31/08/2007
Código do texto: T632489
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Bittencourt
Cruzeiro - São Paulo - Brasil
89 textos (827 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:57)
Junior Bittencourt