Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORENINHA

Como és linda morena dos olhos amendoados...
Caminhas levitando em bosques perfumados,      
qual  sutil e graciosa borboleta!
O teu porte é de uma graça imaculada...
És a própria ternura pintada
em painel celestial de outro planeta!


Quando te vejo, meus olhos enciumados.
contemplam em letargia, extasiados,
todo um jardim de quimera e de ventura...
És como o lírio que aflora na campina,
e que a brisa da aurora beija e ilumina,
em poesia da mais linda arquitetura...

Quem te ver, morena, há te amar,
há de querer te beijar,
há de querer- te num trono!
Mas que tristeza moreninha:
te amando e pensando que a tinha
descobri que tinhas dono!


Publicado em 31/08/2007 às 22h27
Música: Marina - Dorival Caymi
 

Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 31/08/2007
Reeditado em 02/09/2007
Código do texto: T633063

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
497 textos (69147 leituras)
11 áudios (3033 audições)
1 e-livros (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 12:18)
Nelson de Medeiros