Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Profissão sem tempo

Nem todo momento eu sou poeta
Nem todo instante eu sou humano
Nem todo segundo eu penso na vida
Em certos momentos eu viro cigano.

Nunca uma palavra sai por sair
Nada se faz por se só
P'ra tudo um comando precisa
E esse um comando maior
E com tudo que houver nessa vida
Não saberia dizer se seria
Um poeta daqui a instantes
Pois p'ra isso é preciso ousadia
E bem mais uma idéia brilhante
E poeta não se seria
Uma poeta de um mundo gigante.

Mailson Furtado
Enviado por Mailson Furtado em 01/09/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T634142
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mailson Furtado
Varjota - Ceará - Brasil, 26 anos
20 textos (456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 14:54)
Mailson Furtado